'Evidências' Chitãozinho e Xororó era para ser de outro intérprete

Atire a primeira pedra, quem nunca ouviu a música “Evidências” da dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó.  A música é o clássico de todos karaokês e festas, além de quebrar barreiras culturais e terem até sua versão em outros idiomas.

Chitãozinho e Xororó possuem cinquenta anos de carreira repletos de sucessos absurdos. Eles possuem mais de 40 milhões de discos vendidos e dezenas de prêmios. Dentre eles, 5 Grammys latinos. A dupla é responsável não somente de alegrar aquele churrasco de tarde, mas também por ser influência de diversos artistas desse gênero musical.

Origem da música

A princípio, a música “Evidências” surgiu através dos compositores José Augusto e Paulo Sérgio Valle. A letra foi escrita no final da década de 80. A dupla falou em uma entrevista para o jornal Correio Braziliense,  sobre como surgiu a ideia da letra dessa icônica música. Em primeira instância, eles não escreveram a música pensando em algum artista ou grupo em especial.

“Não posso dizer que a gente tenha pensando em algum intérprete, fizemos porque gostamos mesmo de fazer música romântica”, disse Paulo Sérgio na época. De acordo com José Augusto, a intenção “era colocar uma história de amor bem-sucedida e com positividade porque, mesmo perdendo a pessoa, ficava a positividade de que ela ia voltar”.

Na época, José Augusto estava incomodado com a letra, pois ela precisava de uma conclusão. O compositor então ligou para Paulo Sérgio pedindo ajuda em como finalizar a letra. Por outro lado, Paulo parecia satisfeito com a música: “Eu não senti isso, para mim estava perfeito”.

Porém foi uma faísca de inspiração que fez José Augusto realizar várias alterações na música, resultando no famoso trecho que todo mundo conhece: “Diz que é verdade, que tem saudade/que ainda você pensa muito em mim”.

 

Rejeição

A música foi apresentada em 1989, durante uma reunião onde participavam sete pessoas do meio musical. De acordo com José Augusto ela foi reprovada, pois, alegaram que a letra “era complicada e não tinha chances de fazer sucesso”.

Contudo a dupla não ia desistir assim tão facilmente. José gravou uma fita cassete com 10 faixas e a enviou para vários artistas. Nessa lista estavam incluídos Chitãozinho e Xororó. Naquela época eles estavam selecionando uma música em seu repertório novo. Por fim, eles acharam que a letra eram tão intensa, que, consequentemente, a gravariam e a incluíram em seu álbum “Cowboys do Asfalto”. O disco teve seu lançamento em outubro de 1990. Mas, só no dia 4 de dezembro daquele mesmo ano a canção estourou em todos os lugares, tornando-se o sucesso visto nos dias atuais.  Você também vai gostar: Próximas novelas da Globo e Globoplay tem seus nomes divulgados

 

Compartilhe isso:

TV MRNews Não perca também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.