Atletas do Proesa são destaque em competição no Sesi, em Limeira – Notícia de Limeira – JORNAL DE LIMEIRA

Compartilhe

 A iniciativa foi promovida pelas Olimpíadas Especiais Brasil

 Alunos do Programa de Esportes Adaptados da Secretaria de Esporte e Lazer, o Proesa, participaram na última quarta-feira (29), dos Jogos Locais de Atletismo, das Olimpíadas Especiais Brasil. O evento foi realizado no Sesi e contou também com atletas da Associação de Reabilitação Infantil Limeirense (Aril) e da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). A iniciativa foi promovida pelas Olimpíadas Especiais Brasil.

 A competição reuniu 51 atletas, sendo 19 do Proesa, nas seguintes provas: 400 metros (m) rasos masculino, 200m masculino, 100m masculino, 100m feminino, 50m masculino, 50m feminino, 25m feminino e revezamento 4×100 unificado (atletas com e sem deficiência). Já as provas de campo envolveram, arremesso de peso masculino e feminino, lançamento de softball (pelota), salto parado e salto em distância.

 Uma das competidoras foi Lívia Souza Iversen, de 10 anos. Ela inscreveu-se no Proesa neste ano, e atualmente, frequenta as aulas de ciclismo, no Parque Cidade, e de natação, na Piscina Municipal Alberto Savoi. Pelo bom desempenho, Lívia também foi convidada para participar da prova de salto em distância parado e acabou conquistando o primeiro lugar. “Gostei muito da competição de atletismo, adoro também os treinos”, disse.

 A mãe da atleta, Flávia Souza Silva, de 47 anos, relatou que Lívia tem paralisia cerebral, o que compromete as capacidades motora e de equilíbrio. “Ela não sabia andar de bicicleta”, contou. Porém, Flávia observou que a filha apresentou uma grande evolução desde que iniciou as atividades do Proesa. “Ela desenvolveu a noção espacial, o equilíbrio, e principalmente, a socialização. Outro aspecto apontado pela mãe foi o fortalecimento da autoestima. “Minha filha fica muito à vontade quando está praticando esporte”, disse. “O Proesa é uma diversão em forma de terapia”, acrescentou.

 Os resultados positivos do Proesa também foram citados por Paula Renata Favetta Denardi, de 47 anos, ao se referir ao filho, Enrico, de 18 anos, que tem síndrome de Down. Na competição de ontem, ele ficou em primeiro lugar nos 100 metros rasos e na quarta colocação no arremesso de peso. Paula comentou que o filho é aluno do Proesa há mais de 10 anos e que além da autoestima, o programa favoreceu o desenvolvimento motor e global dele. “É uma atividade fantástica”, afirmou.

 Enrico pode ser considerado um super atleta. Paralelamente ao ciclismo oferecido pelo Proesa, ele frequenta aulas de futsal e de natação na Aril. É, ainda, atleta líder das Olimpíadas Especiais Brasil. No período da manhã, participa da capacitação profissional da Apae e ainda encontra tempo para ser digital influencer. “Ele ama esporte e essas competições são muito boas, porque mostram o quanto os atletas especiais são capazes”, completou a mãe.

 A assessora especial de Gestão Pública da prefeitura, Ângeli Polatto Boaventura, compartilha da mesma opinião. “Essas competições mostram a importância e o resultado do trabalho desenvolvido pelas instituições e programas, além de ser um momento de inclusão e socialização”, salientou. Atualmente, o Proesa tem 135 alunos. Informações sobre o programa podem ser obtidas pelo telefone 3404-9708. (Da redação portal Notícia de Limeira)

Compartilhe

Comentários

comentários

Compartilhe isso: