Mulher é morta com facadas no pescoço; ex-companheiro é suspeito do crime, em Pirassununga – Notícia de Limeira – JORNAL DE LIMEIRA

Compartilhe

 O suspeito está foragido

 Um mulher de 27 anos foi encontrada morta em uma residência na manhã desta quarta-feira (20) com golpes de faca no pescoço, na Rua João Marquesini, na Vila São Pedro, em Pirassununga. Segundo informações registradas na Polícia Civil, uma equipe da Polícia Militar foi acionada para atendimento de uma ocorrência de agressão, sendo a vítima uma mulher.

 Os PMs chegaram no local e foram recebidos pela irmã da vítima, que relatou que residia com a vítima e que na terça-feira (19) ela teria ido passar a noite na casa de seu namorado. As duas trabalham em um mesmo supermercado, sendo que a irmã da vítima estranhou o fato dela não ter ido trabalhar no horário, estando duas horas atrasada.

 A jovem, de 24 anos, solicitou ao gerente do supermercado ir até sua casa verificar o que estaria ocorrendo. Ela foi até a residência e não encontrou sua irmã e ela também não atendia ligações telefônicas. Em seguida, a jovem foi junto de seu irmão até a casa do companheiro da vítima. Na chegada ela constatou que a casa estava trancada e ninguém atendia eles.

 Eles pularam o muro da residência, abriram a porta da sala e se depararam com o corpo da vítima caído sobre um colchão que estava na sala. A vítima apresentava ferimentos no pescoço, com bastante sangue. A jovem relatou que na terça-feira (19) sua irmã e o companheiro dela tiveram uma discussão, porém teriam se acertado e o acusado convidado a vítima para dormir em sua casa e ela teria aceitado.

 Uma equipe do Samu foi acionada e constatou o óbito da vítima. Equipes da Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Civil Municipal fizeram diligências a fim de encontrar o suspeito, porém sem sucesso. Duas facas, sendo uma delas com manchas de sangue, foram apreendidas. O aparelho celular do acusado foi localizado em um táxi, que ele teria utilizado após o crime. A vítima que estava com quatro facadas no pescoço foi identifica como Grazieli Lima de Almeida. O corpo de Grazieli foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Limeira. (Cauê Pixitelli)

Compartilhe

Comentários

comentários

Compartilhe isso: